24/08/2016 POSTADO EM: Contabilidade Notícias

Postado por:

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − doze =

    Rolando

    Lamento mas a opinião de Breda, que “prestar informações ao fisco por meio de obrigações acessórias passou a ser há muito tempo uma tarefa secundária dos contadores” está totalmente equivocado. Muitos contadores deixaram a profissão por causa dessa enxurrada de declarações que temos que prestar ao fisco. A contabilidade para o fisco não serve para nada, o que o fisco exige quando há uma fiscalização é as declarações entregues tempestivamente e com o minimo de retificações possíveis. Já escutei de diversos fiscais de órgãos públicos que “a contabilidade para mim não interessa, o que eu (o fiscal) quero é as declarações entregues para analise e com nenhuma retificação onde altera receita, impostos e despesas, se possível”.

    Responder

    Cristiano Bonatto

    “Na opinião de Breda, prestar informações ao fisco por meio de obrigações acessórias passou a ser há muito tempo uma tarefa secundária dos contadores”.

    Tarefa secundária? Acho que este senhor não vive a nossa realidade.

    Responder

Receba nosso conteúdo diariamente no seu e-mail

Receba as Principais Notícias do Portal Contábil SC

Diretamente no seu E-mail todos os dias

Não se preocupe, seu e-mail não será enviado a terceiros e nem para spams