Home Fórum Contábil Resolução do CFC cria Cadastro Nacional de Peritos Contábeis

  • Este tópico contém 0 resposta, 1 voz e foi atualizado pela última vez 4 anos, 9 meses atrás por Gabryella Fernandes.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #173990
    Gabryella Fernandes
    Convidado

    Publicada no Diário Oficial da União pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), a resolução nº 1.502/2016 estabelece o Cadastro Nacional de Peritos Contábeis (CNPC).

     

    O intuito do ato é ofertar à coletividade e ao poder judiciário uma listagem de profissionais competentes e aptos, além de constatar a região de atividade de cada um deles.

     

    Com a entrada em vigor em março de 2016, o novo Código de Processo Civil (CPC) salienta que os magistrados sejam auxiliados por peritos quando a prova do fato depender de conhecimento específico, e que o poder judiciário recorra, em geral, aos conselhos de classe para organizar um cadastro desses profissionais.

      

    <br />
     

    Procedimento de registro e data limite para vinculação

    A inscrição é facultativa e gratuita no CNPC e os interessados podem se cadastrar na página do CFCna internet ou na dos Conselhos Regionais de Contabilidade. O prazo termina em 31 de dezembro de 2016.

     

    Ao realizar o processo de inscrição, é necessário comprovar experiência, mencionar o ramo específico de atividade e a localidade, ou seja, município e estado em que se pretende desempenhar as funções.

      

    Os peritos podem escolher atuar em mais de um município, estado e especificação, tais como tributária, trabalhista, de recuperação e de avaliação de empresas, entre outras.

     

     

    Programa de Educação Profissional Continuada

    Após a efetivação da inscrição, para se manter no CNPC, é preciso executar o Programa de Educação Profissional Continuada, que será normatizado pelo CFC no decorrer de 2016. A disposição assegura a modernização dos atuantes neste ramo.

      

    Na atualidade, o conselho conserva um Programa de Educação Profissional destinado a auditores. Nesse sentido, estão compelidos a colocá-lo em prática:

    • Profissionais atuantes no mercado ajustado;
    • Responsáveis técnicos pelas demonstrações contábeis das organizações suscetíveis à auditoria; e
    • Todos os inscritos no Cadastro Nacional de Auditores Independentes.

      

    Para ingressar no cadastro, a partir de janeiro de 2017, será indispensável realizar um Exame de Qualificação Técnico Específico, o qual será também normatizado no decurso deste ano.

     

     

    Fonte: Netspeed Sistemas

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.