07/10/2016 POSTADO EM: Economia Gerais Gestão Notícias

Postado por:

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − 10 =

    Gabriel

    Concordo em partes. O FGTS é, na prática, uma poupança obrigatória. Logo, o trabalhador garante um valor que, mesmo que seja demitido de repente, sem aviso prévio, possa utilizar para ajudar a pagar suas despesas durante o período do desemprego. Isso ajuda muito o novo trabalhador que ainda não entende muito de economias pessoais, além de dar segurança contra o empregador. Vale lembrar que existe a possibilidade do uso desse fundo como entrada de um imóvel, respeitando as regras do jogo.
    Liberar o uso do FGTS no pedido de demissão por parte do empregado, na minha opinião, da um certo poder financeiro a mais, porém, a longo prazo pode ser um tiro no pé.

    Responder

Receba nosso conteúdo diariamente no seu e-mail

Receba as Principais Notícias do Portal Contábil SC

Diretamente no seu E-mail todos os dias

Não se preocupe, seu e-mail não será enviado a terceiros e nem para spams