fbpx
27/05/2019 POSTADO EM: Economia Notícias Tributário e Fiscal

Postado por:

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 − 14 =

    JOSE CARMO SANCHES DESTRO

    O assalariado cada vez é mais prejudicado, dizer que a última correção foi em 2.015 e dizer que não houve infração no período, isso é sacanagem, tributa às grandes riquezas, o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre, porque ele é que paga as contas, porque sua circulação financeira é maior em todos os sentidos, esperamos que a aposentadoria seja igual para todos, estabelecendo o teto estipulado pelo INSS.

    Responder