17/09/2019 POSTADO EM: Economia Notícias Tributário e Fiscal

Postado por:

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

    LECY RIBEIRO DA CRUZ

    A gente tem de apoiar o que está correto não deixando no entanto de criticar positivamente o que não está. E neste caso o Sr Maia está corretíssimo, o fato Sr Maia é que você está como presidente representando sua classe, e o problema é que sua classe não tem dignidade e coragem para fazer o que precisa ser feito. Haja vistas as negociatas que continuam para aprovar o que precisa ser aprovado e que é bom para o país mas é ruim para os políticos, este é o fato. Voltando à reforma, não existe reforma para o incremento da competitividade e crescimento econômico sem que isto represente diminuição da Carga Tributária, não interessa quem administra, de quem é o imposto se Município, Estado ou União. Tem que diminuir, e uma coisa que parece que vocês Congressistas não entenderam ainda é que ao diminuir a carga, ou a taxa no melhor português estarão aumentando a base contributiva, mantendo assim o nível da arrecadação ou até aumentando como já tivemos exemplos. O fato é único, se a carga está em 35% ten de baixar para 25% e pronto, o resto é engodo do Congresso Nacional.

    Responder

Receba nosso conteúdo diariamente no seu e-mail

Receba as Principais Notícias do Portal Contábil SC

Diretamente no seu E-mail todos os dias

Não se preocupe, seu e-mail não será enviado a terceiros e nem para spams